11 de junho de 2009

Versão - Paródia - "O Cara das Histórias Legais"

Para quem não conhece, ApologetiX ("ApologétiK") é uma banda cristã que transforma músicas de sucesso em paródias com letras cristãs bem interessantes.

Eu estava procurando umas canções deles na internet, e encontrei esse vídeo feito por um admirador da banda no YouTube.

Eu gostei da letra e decidi fazer uma "versão portuguesa da paródia", que você confere abaixo do vídeo. Se quiser conhecer a letra original em inglês, ela está logo abaixo da portuguesa.

Obviamente, por ser uma música, eu tentei fazê-la cantável em português. Então nem repare nas palavras que eu cortei ou inseri porque eu não estava tentando ser exato (não estou traduzindo um livro, né?) mas conservar a idéia e a musicalidade original, que, obviamente, pela diferença de métrica entre as duas línguas, não passa de uma tentativa.

Esforcei-me herculeamente por rimar e encaixar a letra na melodia, que, além de ter oito minutos, sendo quase um "Faroeste Caboclo" de quilometragem, é difícil pra caramba - e esse trabalho tomou-me horas!

(Então é melhor vocês lerem e comentarem, nem que seja pra dizer que não presta, caso contrário eu vou chorar sem parar sete dias e sete noites!) ; ]

Abraço a todos!



"O Cara das Histórias Legais" - versão Avelar Jr.
de "Parable Guy" - ApologetiX,
Paródia de "American Pie" - Don Mclean


Há muito tempo
Lembro quão divertido
Ele fazia tudo parecer
E se eu pudesse escrever
Eu anotaria tudinho então
Talvez mandasse para você
Cada palavra inteligente
Que ficou em minha mente
Mateus registrou
E Lucas mais ainda compilou
Não lembraria se tentasse
O que na escola se ensinasse
Mas os ensinos de Jesus
Nunca morrem numa cruz

(Refrão)

Sinto saudade do Cara das histórias legais
Sou feliz
Por conhecê-lo
E o espero voltar
Que bons tempos sentado ouvindo o Mestre ensinar
Escutando o Cara das histórias legais
Ouvindo o Cara das histórias legais



Gostou do que Lucas escreveu
Gosta de histórias que Jesus viveu
Se quiser vou lhe contar
Porque o cultivo de um crente demora
E se a semente cai estrada afora
Em terreno íngreme e nebuloso crescerá
Bem sei as tempestades voltarão
Portanto, não construa na areia do chão
Ele não colherá fruto
Se a figueira não produz
E se uma solitária viúva não desistir
Ela pode disputar e vencer o ímpio juiz
Mas o vinho novo reluz
E espera você o experimentar
Experimente

(Refrão)

E se as ovelhas todas em casa estão
E uma se desvia pra solidão
E não está onde deva estar
Será que o pastor não vai lhe procurar
E a mulher que não faz o sono pegar
Até que o tostão perdido chegue a encontrar
E enquanto o filho por aí saía
Gastando seu dinheiro por onde ía
O pai estava a rezar
"Torço pra ele voltar"
E as virgens que não forem espertas
Serão deixadas, não estavam alertas
fora, no escuro, vão ficar
No dia em que o noivo chegar
E os sinos tocam

(Refrão)

Riquezas egoístas
Não vão lhe ajudar
Com celeiros repletos pra te amparar
Grãos até o teto, nada a perturbar
O casamento cheio, gente demais
Vá de "black-tie", escuta, meu rapaz
Cumprir o protocolo é o que se faz
Ao meio-dia há ainda muito a se fazer
Lá vem o capataz vem contratar você
Dinheiro a vista a todos ele paga
Os invejosos querem ficar com raiva
Quem achou o tesouro quer comprar o chão
O comerciante diz “é pura enganação”
E selam o trato na ocasião
Por tudo o que têm
E ganham o reino

(Refrão)

E no fim estavam todos em um só lugar
Tudo que é nação, raça e língua
Separados bodes e ovelhas
Vamos, lancemos as redes
A pescar peixes
Cuidado pra não apagar a vela
O fermento faz que a massa levede
E eles o assaltaram na vereda
O homem foi deixado na sarjeta
Ninguém ajudou o amigo moribundo
Abandonado como se fosse imundo
E vindo um estranho finalmente se aproxima
Repara no ferido israelita
Eu o vi salvá-lo com grande alegria
E ele ficou bom da noite pro dia
E então sorria

(Refrão)

As criancinhas nas praças
cantavam músicas descompassadas
Que sempre ficavam a desejar
"Negociei e fiz um montão"
Disse o servo que ganhou galardão
Mas o homem que deu desculpas não podia pagar
E o trigo estava só palha
Cresceu a semente da mostarda
Todas as aves descansaram
Um passareiro os galhos viraram
O que mais me intriga
São as parábolas que o Mestre dizia
Que traziam lições para quem as ouvia
Cuja fé em Cristo está
A quem buscavam


"Parable Guy - ApologetiX"

A long, long time ago
I can still remember how amusing
He could make things sound
And I knew if I’d had my pen
Then I should take notes even then
And maybe then I'd have them for you now
Every word He said was clever
And every parable I remember
Matthew has recorded
And Luke I think has more yet
I can't remember if I tried
What I learned about in junior high
But some things taught by Jesus Christ
Remain refusing to die

(Chorus)

Bye, bye, Mr. Parable Guy
Got my blessings
Through the lessons
Taught by heavens Messiah
Them good old days of seeking wisdom divine
Sittin’ listenin’ to the Parable Guy
Listenin’ to the Parable Guy

Did you like the book of Luke
And do you like fables that are true
If you'd like I'll tell you some
Cause a true believer's crop is slow
When seed gets wasted by the road
In a steep and cloudy land will grow
Well I know the storms will come again
So don't start your mansion in the sand
He won't pick off the fruits
If that fig tree didn't produce
And if a lonely widow won't give up
She can make a case and win a wicked judge
But the new wine is powerful stuff
And it waits for you to try
You got to drink it

(Chorus)

Now if the shepherds sheep are all at home
And one goes out on its own, alone
But that not where it needs to be
Won't the shepherd search for the missing sheep
And of course, the woman does not sleep
Until the coin that she came to find is retrieved
And while his kid was getting down
And spending all his money in town
Of course his father yearned
"I'm for him to return"
And the wedding guests who don't get smart
The Lord just catches them off guard
And leaves them virgins in the dark
The day the groom arrives
Bell's were ringing

(Chorus)

Selfish wealth
It isn't going to help
With barns stopped like a fallout shelter
Grain piled high with all your cares
The wedding has a lot of guests
Today it's time for your formal best
I suggest you follow guidelines when you dress
Well at halftime there was work to do
So the farmer payed another crew
They all got payed in cash
Oh but the jealous ones were mad
And as the treasure finder takes the field
The merchant says this jewel’s a steel
They'll lose it all for such a deal
And pay the fullest price
They got the kingdom

(Chorus)

And then they were all in one place
From every nation tongue and race
With goats and lambs apart in place
So come on drag the fish net
Catch the fish
Don't splash that on your candlestick
Cause flour with leaven's gonna spread
And as they robbed him on the way
The man was left in disarray
No neighbors stopped to help
He couldn't save himself
And as a stranger finally pulled aside
And spied the battered Israelite
I saw him save him gladly with delight
And he made it through the night
He was shrieking

(Chorus)

Little children sang the blues
They blasted forth some happy tunes
But things just failed to turn their way
”I went out and I made some more”
Said the servant who got his reward
But the man that made excuses couldn't pay
And the wheat was filled with leaves
Mustard climbed from the smallest seed
All the birds were hopin’
The birdhouse now was open
The thing that I admire most
Were all those funny parables
They taught the lessons for the folks
Whose faith was rooted in Christ
Cause they were seeking

(Chorus x2)

3 comentários:

Aline disse...

Não precisa chorar Avelar, rsrs. Eu li a sua versão da paródia e achei muito legal. Teve trabalho mesmo hein, é bem longa a canção, mas com certeza valeu a pena.

Aline disse...

Gosto do seu blog, não sou uma leitora assídua mas os poucos textos que tenho lido são muito interessantes. parabéns irmão, esteja sempre a serviço do mestre.

Avelar Jr. disse...

Aline,

Muito obrigado mesmo por suas palavras. É muito importante para nós que blogamos sobre Jesus escutar os comentários dos leitores.

Quando passa algum tempo e ninguém comenta nada, fico preocupado. E outra inquietação que tenho é "será que as pessoas estão entendendo o que escrevi da forma que era para ter sido entendido?"; ou "será que estou falando complicado demais?"; ou ainda "será que estão lendo mesmo?"

Obrigado pelo incentivo!

Um abraço! :D

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...